Make your own free website on Tripod.com
Principal
História
Definições
Formigas
Baratas
Cupíns
Contato


Um pouco sobre Cupins
Introdução
Espécies
Métodos de Prevenção
Métodos de Controle
Cupim

Introdução

Os cupins (térmitas), popularmente conhecidos como formigas brancas, siriris ou aleluias, são a sociedade mais antiga entre os insetos sociais, compartilhando com as baratas uma origem evolutiva comum.

Existem mais ou menos 2 mil espécies de térmites. Os Cupíns, gostam de clima quente, são insetos pequenos e moles, mais isso não significa que sejam molengas. Eles constroem colônias parecidas com palácios, que são governados por reis e rainhas. Os térmites-guardas levam seu trabalho tão a sério que às vezes explodem a si mesmos para defender a colônia.

Entre todas as espécies conhecidas, apenas algumas assumem status de pragas em ambientes naturais ou urbanos.
Índice


Térmites
Cupins de Madeira Seca

- Família Kalotermitidae

São conhecidos como cupins de madeira seca, não apresentando a fontanela (pequeno poro à frente da cabeça entre os olhos, com a função de secreção de substâncias da glândula cefálica, utilizada na taxonomia do grupo), construindo os seus ninhos em árvores (vivas ou mortas) na natureza, e em áreas urbanas no madeiramento de construções e/ou mobiliários. As colônias são pequenas (algumas centenas), não contendo operárias verdadeiras (as pseudo-operárias são as formas jovens), e os soldados têm cabeça comprimida e mandíbulas denteadas. A espécie mais importante como praga urbana é Cryptotermes brevis, cosmopolita, sendo a segunda em importância econômica dentre os cupins.
Índice
Cupins

Métodos de Prevenção

Como medida preventiva aconselha-se o monitoramento periódico de todo e qualquer material celulósico (livros, mobílias, portas, rodapés, janelas, escadas, etc). Com a identificação de uma peça infectada, não a transporte para outros locais, evitando-se a dispersão da praga. Antes de desfazer-se da peça, trate-a. Para se evitar o aparecimento de cupins subterrâneos, é de fundamental importância a remoção, do local da edificação, de qualquer tipo de material celulósico (madeira, papelão, sacos de cimento vazios, etc) antes, durante e após o período de construção. Ainda, o reforço das fundações de concreto, previnem grandes contrações e o aparecimento de fendas, que permitem a passagem de cupins. Não devem ser usados blocos ocos na construção das fundações.
Índice

Métodos de Controle

Para um controle bem sucedido, devem ser seguidos os seguintes pressupostos: identificação correta da espécie, dimensionamento do ataque e a análise das condições dos locais atingidos para o desenvolvimento da metodologia apropriada (inseticida mais adequado), evitando-se a contaminação ambiental e uma possível multiplicação do problema. Assim, a procura de uma empresa idônea e especializada em controle de cupins, e que tenha um técnico de nível superior responsável é de extrema importância.
Índice



Topo
© 2005 - Insetomaniacs - Fabianoz Sites